Salas de reunião: 5 motivos para alugar uma sala pronta

Quando falamos do mercado de trabalho e empreendedorismo das empresas, todos os assuntos possuem um único objetivo final e visam atender um determinado grupo de pessoas: os clientes.

 

Ainda que todo o ambiente de trabalho esteja em ordem e confortável para os profissionais ali presentes, se não houver um espaço destinado a tratativa com os clientes, seja presencial ou online, a operabilidade e logística empresarial precisa ser revista e readaptada.

 

Isso porque a fase de negociação e apresentação do serviço e produto é extremamente essencial para a continuidade e crescimento de um negócio, e destinar espaços que gere conforto tanto para o negociante como para o cliente, muda toda a perspectiva.

 

Afinal, não é apenas o tratamento com os clientes, os gatilhos mentais e a retórica utilizada. É todo o espaço, suporte e conforto direcionado a ele, para que sinta a empresa como um lar, um ambiente que irá possibilitar atenção e cuidado direcionado para o que precisa.

 

Para te explicar melhor sobre isso, vamos partir do ponto das salas de reunião, ambientes destinados a essas negociações, e como buscar um ambiente mais acolhedor através do aluguel de uma sala já pronta, pode agilizar e deixar muito mais prático todo esse processo.

Qual a importância de buscar por salas de reunião preparadas?

Antes de entender as motivações que de fato mostram como alugar salas de reunião vem se tornado muito mais vantajoso nos últimos tempos, é importante saber a importância das salas de reunião em si, como esse espaço foi pensado visando o conforto do cliente.

 

Quando se destina um espaço próprio para a tratativa com os clientes, separado de toda a dinâmica empresarial e dos outros setores, de cara já se mostra um cuidado especial em atender o cliente e direcionar aquele tempo e conversa para a conversa com ele.

 

Um bom espaço nas salas de reuniões destaca os valores daquela instituição, a partir do ponto de que criam um cenário promissor para conversas produtivas, alinhadas e rápidas, além do investimento em tecnologias que modifiquem toda a gestão e aplicação do negócio.

 

Quando se aluga esse espaço, tudo fica ainda mais notório e fácil de adaptar. Contando já com a estrutura de um ambiente próprio para isso, o seu investimento será apenas no visual e na criação do conforto interno, além de ampliar suas práticas de negociação e atração.

 

Assim, o primeiro ponto a entender em relação à necessidade e relevância das salas de reunião, é justamente a forma como muda a apresentação e aparência da empresa, mostrando não apenas o seu intuito, mas efetivando na prática a sua credibilidade e valor.

5 motivos para alugar salas de reunião

Agora, mostrando praticidade em criar todo esse conforto na relação com seu cliente, podemos destacar os principais pontos que são aprimorados e passam uma visão muito mais positiva através do aluguel de salas de reunião próprias para essa demanda.

Receptividade

Por muito tempo, negociantes de variados ramos buscando o fechamento de negócios e a tratativa de propostas em ambientes como cafeterias, restaurantes e espaços considerados mais confortáveis e menos robustos. Todavia, essa visão vem mudando aos poucos.

 

Ao contrário desses locais, levar seus clientes em locais preparados como salas de reunião especializadas, a exemplo dos espaços de coworking alugados, permite maior controle do seu recebimento e tratamento, permitindo recepcionar e atuar com muito mais qualidade.

Infraestrutura

Outro ponto de alugar salas de reunião é buscar espaços condizentes, formais e com padrão qualificado para aquele negócio. Por mais que a sua empresa passe um conceito mais descontraído, nesse momento é ideal mostrar comprometimento e seriedade.

 

Buscando uma infraestrutura e design de interiores que cative o cliente, as salas de reunião alcançam mais profissionalismo e ainda permite criar um laço muito mais promissor, com tendências de continuidade e efetividade daquela relação por muito tempo.

Caráter Profissional

Aqui tratamos mais acerca da ambientalização das salas de reunião. A crítica é justamente a respeito de encontrar um ponto neutro, de equilíbrio, de forma que gere inspiração e descontração, mas não retire o teor sério e profissional que definirá aquela contratação.

 

Isso porque embora muitos clientes vão gostar de um ambiente mais zen, outros vão preferir algo mais tradicional, e está tudo bem! O importante é que você conheça a sua persona e saiba trabalhar o profissionalismo de acordo com as expectativas dela.

Localização

Além desses fatores, não podemos esquecer o aluguel de salas de reunião em locais atrativos e com fácil acesso, possibilitando com que os seus clientes não tenham dificuldade de encontrar e muito menos atrase para chegar no compromisso agendado. 

 

No caso dos coworkings, a localização por si só já possui muitas vantagens, já que são ambientes muito bem localizados. Aqui, seu cliente ficará apaixonado com dedicação e se sentirá muito mais bem acolhido e a vontade para buscar sempre seus serviços.

Economia

Por fim, não tinha outra forma de fechar senão falando do custo-benefício que se torna muito mais econômico ao alugar salas de reunião, principalmente em se tratando dos coworkings.

 

Investir em salas de reunião separadas para trazer conforto para o cliente gera um retorno financeiro ao longo do tempo, por criar um laço mais forte e uma fidelização dele com sua empresa. Associar isso ao aluguel compartilhado, será um fator chave para seu sucesso.

Encontre as salas de reunião destinadas para você!

Agora que você já sabe quais são os motivos para alugar salas de reunião prontas e como isso gera uma nova perspectiva para seu negócio, saiba onde encontrar as melhores opções para o seu negócio, de acordo com seu estado e cidade nesse Brasil.

 

A Ancev preparou um arsenal incrível de busca através de filtros que proporcionam uma pesquisa aplicada, de forma com que em segundos você encontre a sala de reunião ideal para você, e assim, mude o seu futuro profissional.

O que é escritório virtual e por que contratar?

Não se pode negar que o mundo mudou. A pandemia e o lockdown deram uma virada de 360° graus no mercado de trabalho e de empreendimentos.

 

Por conta disso, quem é empresário ou deseja abrir uma empresa começa a perceber a  necessidade de adaptação frente às transformações digitais que o mundo do trabalho e do empreendimento vem sofrendo.

 

Os escritórios virtuais fazem parte de toda essa mudança e chegam para facilitar a vida de quem quer ter seu empreendimento organizado, bem estruturado e bem localizado sem ter de arcar com os gastos de um escritório ou sala comercial sozinho.

 

Algumas pessoas ainda se perguntam o que são escritórios virtuais. A princípio, são estruturas de prestação de serviços de escritório que vêm se tornando cada vez mais populares e têm ganhado bastante impulso desde o início  da pandemia.

 

Os escritórios virtuais são uma nova tendência na área administrativa e de office working. Vieram para  modernizar totalmente o conceito de escritório, já que podem facilitar muito a vida de quem tem a própria empresa virtual ou quer empreender nessa área.

O que são os escritórios virtuais?

Prédios e salas comerciais de antigamente não são mais necessários. Os escritórios virtuais oferecem mão de obra remota para escritório e podem contar com infraestrutura presencial ou online, de acordo com as necessidades da empresa.

 

Contratar um escritório  pode viabilizar oportunidades e vantagens para quem quer iniciar seu próprio negócio ou para empresários que compreendem a importância de se ajustarem às  novas tendências do mercado.

 

Um escritório virtual pode facilitar muito a vida de novos empreendedores. Mas lembre-se! Antes de decidir, pesquise  e busque empresas que invistam na qualidade dos serviços.

 

Escritório virtual e trabalho remoto.

Para entender bem o que é escritório virtual basta imaginar o seguinte cenário : você tem uma empresa de produção de eventos . Trabalha em regime home office com seu próprio computador e internet.

 

Mas, e se aquele cliente chamar e você não puder atender o telefone ? E se você tiver um problema com a instalação da internet? E o registro da empresa na receita federal? A licença da prefeitura? O endereço fiscal? Como deixar sua pequena empresa em dia com a burocracia , atrair clientes e ainda oferecer um bom atendimento ?

 

Os escritórios virtuais servem para ajudar a solucionar essas questões .Quando a infraestrutura de  trabalho é online, os escritórios virtuais oferecem atendimento telefônico para clientes, organização de recados, endereço fiscal para registro junto aos órgãos públicos, contabilidade e até setor de recursos humanos.

 

Você pode contar com secretários para anotar seus recados e atender seus clientes quando você não estiver disponível,  sem que  precise alugar um espaço para isso 

 

Dá até pra contar com serviços de contabilidade, pagamento de pessoal, organização de agenda e outros, dependendo do pacote contratado.

Por que contratar escritórios virtuais ?

Escritórios virtuais são perfeitos para micro-empresas, mas também podem atender  pequenos e médios empreendimentos.

 

São basicamente estruturas online de suporte e administração terceirizadas. O empreendedor pode contar com suporte administrativo  sem ter de contratar funcionários diretamente e nem alugar um espaço.

A estrutura de um escritório virtual

Além do endereço fiscal, que é aquele necessário para criar e registrar sua empresa junto aos órgãos públicos responsáveis e mantê-la funcionando com todos os tributos e registros bem organizados, os escritórios virtuais também podem oferecer um endereço comercial, ou seja  endereços físicos, localizados em regiões estratégicas das cidades.

 

O endereço comercial é usado pelo empreendedor que eventualmente precisa receber clientes, fazer reuniões, guardar materiais, ou simplesmente quer tocar sua empresa online sem estar necessariamente em casa.

 

Nesse espaço físico a organização acontece normalmente em espaços coworking.

O coworking e os escritórios virtuais

Empreendedores que contratam o endereço físico em sistema coworking oferecido pelos escritórios virtuais, atuam em sua própria empresa e ainda têm a oportunidade de estarem próximos a  outros empreendedores de diversos ramos.

 

Assim, novas ideias e empreendimentos surgem, graças à integração e parceria entre  empresas diferentes.

 

Os ambientes coletivos e integrados dos espaços coworking são pensados exatamente para proporcionar o contato entre empreendedores de diversos ramos, de forma que não se trabalhe isolado, mas em constante câmbio de ideias e informações, o  que pode ser muito interessante para quem está começando no mercado.

 

Coworking é isso: um espaço utilizado por diferentes  empresários e empreendedores, onde são oferecidos serviços e estrutura de escritório de acordo com o pacote de serviços contratado.

Vantagens de contratar um escritório virtual

Limpeza e higiene, internet rápida, restaurantes e cafés, mezaninos, bancadas coletivas com decoração e iluminação adequada, salas para reunião, escritórios individuais ou para grupos. Tudo vai depender do que você busca para o momento de sua empresa.

 

Além disso, você pode escolher se quer contratar os espaços comerciais físicos do escritório virtual por um tempo pré determinado ou de maneira avulsa, de acordo com sua demanda.

 

Você ainda pode escolher se quer contratar o endereço comercial ou se vai trabalhar apenas com o endereço fiscal. Isso vai depender da estrutura e da natureza de cada empreendimento e de quanto se quer investir.

 

Com isso, é possível economizar em aluguel, contratação de funcionários e pagamentos de contas de manutenção, como internet, consumo de água, energia elétrica e impostos prediais.

Existem muitas empresas oferecendo serviços de escritório virtual e coworking no mercado, cada uma delas possui uma forma de trabalho diferente. Portanto, antes de contratar  é importante estudar e conhecer mais sobre escritórios virtuais e coworking e sobre novas formas de criar crescimento de acordo as necessidades do seu empreendimento.

Como promover a Diversidade no Ambiente de Trabalho

Durante os últimos tempos, promover a diversidade no ambiente de trabalho foi um assunto pertinente. Enquanto algumas pessoas estão preocupadas em dar a todos uma chance, outras pessoas ainda precisam se afinar a essa realidade.

Para implementar a inovação no inteiror da organização você deve oferecer oportunidades para todos os tipos de profissionais, independentemente da cor da pele sexo, religião ou status social.

A diversidade promove ideias diferentes e isso muitas vezes pode ser muito positivo na hora de colocar um projeto em prática.

Vários profissionais super capacitados, uma nova geração está chegando ao mercado e as empresas devem estar preparadas para envolver as pessoas

Neste post, você aprenderá a importância de promover a diversidade nas empresas e como fazê-lo.

 

O que é diversidade no ambiente de trabalho?

Promover a diversidade no ambiente de trabalho significa ter um ambiente corporativo acolhedor para a inclusão de pessoas com diferentes perfis de comportamento.

Além da inserção de indivíduos que figuram em diversas classes sociais e culturais.

Dentro de uma organização é necessário ter um local para acomodar essa multidão de pessoas. No entanto, isso não significa que um grupo deva ser priorizado no número de vagas e outro não.

As corporações e empresas devem empreender a abertura de cultura, ideias, classes, gênero, etc. Todas as coisas devem ser levadas em consideração ao fazer o teste. Você deve ter respeito por todos.

O ideal é que seja mutuamente benéfico ao subscrever o contrato. Em outras palavras, o novo funcionário e a empresa devem ser parceiros mútuos, sabendo que cada uma outorga para o trabalho.

Para estabelecer um ambiente diversificado dentro de uma organização, as empresas não precisam contratar aleatoriamente apenas para cumprir a lei.

Mas devem estar cientes de que qualquer deficiência, religião, cor, gênero e etc, não definem competência, até porque todos são iguais, cada um deve lutar por suas capacidades profissionais dentro da empresa, sem que isso seja levado em consideração

Por lei, as empresas devem ter pelo menos 2% de seus funcionários que cumpram o conceito de diversidade.

Lembre-se, a diversidade não é algo assistencialista. Isso vai muito além do conceito de caridade ou da imagem de uma boa organização, não pense desse jeito. Na prática, é respeitar as competências de cada um e quem são, respeitar a sua identidade!

O objetivo é evoluir o ambiente corporativo e dinamizá-lo, incorporando diferentes culturas e abrindo novas opções de sucesso. Entenda que quanto mais cultura, mais criatividade é gerada na sua empresa!

 

Como adotar a diversidade no ambiente de trabalho?

O primeiro passo é trabalhar na execução de projetos de diversidade na empresa, o planejamento é importante nesse momento. Possua uma visão de longo prazo e essas estratégias serão acompanhadas de perto.

 

A liderança deve ser uma das aliadas principais

O estabelecimento de um programa de diversidade nas empresas só terá sucesso se o líder estiver associado a ele. Isso é contribuir e apoiar a ideia. Porque é a sua atitude de inclusão que fará a diferença na estruturação deste projeto.

 

Tenha projetos e políticas para promover a diversidade no ambiente de trabalho

O planejamento interno do programa de diversidade é fundamental para as atividades estratégicas da instituição.

Os rumos devem ser focados nos valores que a organização prega e com possíveis rumos a serem alcançados.

Isso pode ser criado por meio de planejamento e suporte da equipe de RH. Com isso, você receberá suporte para analisar a situação atual da empresa.

Após esta análise, defina os objetivos da ação. O próximo passo é compartilhar esse plano com todos os envolvidos.

 

Uma pessoa responsável deve acompanhar as ações que são executadas para promoção da diversidade

Todo projeto bem-sucedido deve ser cuidadosamente monitorado. Por isso, é necessário que um profissional seja incumbido de ser seu monitor, a fim de demonstrar que as ações são realizadas com eficácia.

Este colaborador deve ser um profissional comprometido com o projeto e, sobretudo, com a causa e com muitas responsabilidades. 

Em última análise, ele ou ela deve promover uma força de trabalho diversificada incluindo pessoas. O ideal é que esse profissional seja capaz de se comunicar com facilidade e manter bons relacionamentos.

 

Tenha um bom monitoramento

Para implementar a diversidade no ambiente de trabalho é necessário observar todos os profissionais da organização. Além disso, é necessário verificar o ciclo de retenção de funcionários na empresa.

Com isso, é necessário analisar as promoções realizadas, a remuneração, a análise do turnover, as avaliações de desempenho e os níveis hierárquicos. 

Ao examinar esses cálculos, você terá uma visão geral do setor que precisa de treinamento ou novas contratações. Essas métricas ajudarão seu programa de diversidade.

 

Observe a diversificação nas contratações

Para alcançar a diversidade nas empresas, os funcionários precisam de descrições de cargos diversificados. 

Então para atingir seu objetivo, seria interessante colaborar com instituições que apoiam esta causa. Outra opção é postar trabalhos em um grupo voltado para a diversidade.

 

Boa comunicação é uma aliada e tanto!

Para aceitar a inclusão de pessoas dentro de sua organização, é importante ter uma comunicação aberta e honesta. 

As informações e metas de diversidade devem ser compartilhadas em toda a equipe para que todos abracem a causa e dar as boas-vindas aos novos membros da equipe.

 

Tenha um ambiente colaborativo para que todo o processo dê certo!

Você sabia que a capacidade cognitiva aumenta no trabalho em equipe ou em um ambiente diversificado? Pois é, um coworking é assim. Você já ouviu falar? O número de espaços aumentou nos últimos anos. 

Geralmente, esses ambientes colaborativos possuem uma gestão de cultura forte, além de serem extremamente adeptos à diversidade no ambiente de trabalho.

Quer saber mais? Saiba quais são as vantagens de trabalhar em um ambiente colaborativo!

O que é um Outlier e quais as vantagens desse perfil profissional?

Já ouviu falar sobre o termo “outlier”? É uma pessoa ou coisa que excede os padrões normais, vão além do normal. Nos negócios, um outlier é uma pessoa que, por diversas vezes, é bem mais sucedida do que a maioria das outras.

Caracteriza as pessoas que são consideradas “excelentes”. aqueles que sempre se esforçam para dar o seu melhor e entregar resultados acima da média. Tenho certeza que você conhece alguém assim.

O que isso tem de benéfico ao RH? Aprender a identificar o que há de melhor no local de trabalho é a principal responsabilidade de qualquer gestor de recursos humanos.

Saber identificar pessoas com esse perfil ajuda a erigir equipes de alto desempenho, engajadas e comprometidas com os objetivos da empresa.

 

Mas, de fato, o que é uma pessoa outlier na empresa?

O livro Outliers foi escrito por Malcom Gladwell, que estuda o comportamento de pessoas que são muito bem-sucedidas em seu campo ou dentro de suas corporações.

Consequentemente, outlier é o termo científico para exemplos de pessoas que estão fora da faixa normal.

O livro de Gladwell é provavelmente mais conhecido pelo conceito de que uma pessoa leva 10 mil horas para se tornar um mestre, em determinada atividade. Anders Ericsson escreveu esta tese.

Dando exemplos como os Beatles e Bill Gates, o autor explica que algumas pessoas são mais bem-sucedidas do que outras através de uma combinação de trabalho duro e estar no lugar certo na hora certa.

Como membro do RH, devemos saber que ótimos funcionários são a chave para o nosso sucesso. Por isso, é necessário compreendê-los.

 

Como podemos identificar uma pessoa outlier?

Você deve, primeiramente, criar um planejamento de negócios para a sua empresa.

Feito isso, comece a agendar aglomerações presenciais com cada colaborador. Pergunte a eles quem se reporta a quem e o que cada um faz.

Depois de entrevistar essas pessoas por um tempo. Você começará a notar que aparecem dois tipos de organogramas. O primeiro mostra quem se reporta a quem. A segunda mostra o fluxo de comunicação real que existe.

Quanto menos otimizada a empresa, maior a diferença entre os dois.

Por exemplo, o CEO de uma empresa não deve decidir o que alguém dois ou três níveis abaixo no organograma deve fazer diariamente. Isso é a tarefa do chefe imediato do colaborador.

É para isso que servem as estruturas organizacionais. A estrutura organizacional define a estrutura do relacionamento e permite que todos trabalhem efetivamente em conjunto para o objetivo final. 

Pergunte a esses gerentes quais funcionários eles acham que têm o melhor desempenho.

Esses organogramas são ótimos para determinar quais funções são importantes e quem em uma organização está fazendo o trabalho que várias pessoas deveriam fazer.

Quando você entrevista esses gerentes, você descobrirá que algumas pessoas não se encaixam no resto do organograma em termos da quantidade de trabalho que realizam. 

Essas pessoas são pessoas de fora que fazem mais do que qualquer outra pessoa.

 

O que fazer quando identificarmos um outlier?

Na hora que você encontra uma pessoa fora da caixa, além do normal, é natural querer encontrar ainda mais pessoas com esse perfil. Mas o que torna essas pessoas tão bem sucedidas. O que os torna um outlier?

Primeiro, observar e conversar com quaisquer outliers que você identificar para descobrir padrões de comportamento e aptidões que outros trabalhadores possam aprender.

O processo de coleta de habilidades é semelhante a uma investigação. Para descobrir habilidades de disseminação, você pode se perguntar: como essa pessoa pode ser tão participativa e capacitada para este projeto?

O processo de compreensão disso pode levar muito tempo, mas é absolutamente necessário.

 

Saber o que é um outlier e mantê-los na sua empresa, pode fazê-la ter mais sucesso em breve!

Sabendo o que é um outlier e como você deve ter associado os conceitos à algumas pessoas, diversidade e inclusão, você sabe que manter essa cultura forte na sua empresa faz total diferença no rendimento dela. Os pensamentos e perspectivas se perpetuam!

Se pergunte, se questiona se a empresa que você atua ou que é proprietário contrata pessoas com características e semelhanças. Caso responda sim, sua empresa poderá estar em desvantagem.

É por isso que contratar outliers cria uma cultura forte e é melhor para a empresa.

Concentrar-se no talento em vez da conformidade cria culturas fortes. E vem de cima para baixo, porque atingir as metas de negócios é uma prioridade. Os CEOs devem sempre monitorar o recrutamento e garantir que o RH e outros entrevistados entrem em um acordo.

O antigo modelo de RH contratava mais pessoas com um senso intuitivo. Por exemplo, a pessoa boa de comunicação? Então tá ótimo! Na verdade, isso não tá nada bom, porque comunicação não é tudo.

Organizações com culturas fortes e novos recrutadores focados em RH tendem a valorizar a criatividade e a diversidade.

 

Oportunidade de crescimento e captação de outliers caminham juntos!

O maior anseio de qualquer empresa é o crescimento e a expansão principalmente para quem é novo no mundo dos negócios. Na verdade, uma empresa pode precisar de mais tempo para desenvolver um produto ou serviço e expandir os negócios. 

E é aí que a presença dos outilers para compor esse time, pode fazer toda a diferença, principalmente em parceria com o Growth Hacking.

Que é responsável por auxiliar a aceleração e o crescimento da empresa entregando resultados positivos, porém mais ágeis. 

Se você deseja que seu negócio cresça rapidamente Você deve considerar o uso do Growth Hacking em seu processo de desenvolvimento de negócios.

Saiba mais sobre Growth Hacking e como isso pode beneficiar a sua empresa!

Remote First: conheça essa nova cultura organizacional

Foi durante a pandemia, que o trabalho remoto entrou em total evidência. Era o que se falava a todo o instante. A adoção de aplicativos tornou-se um convite para uma mudança maior. 

No entanto, atualmente muitas empresas que já querem usar esse método ao longo do tempo. Essas, geralmente, foram as primeiras a adotarem o conceito de remote first. Essas empresas recrutam profissionais de diversos lugares, do Brasil e do mundo.

O intuito é atrair profissionais qualificados, independente de sua localização geográfica.

Como a pandemia ainda não acabou, apesar da diminuição de casos, o trabalho remoto continua sendo um tema quente. Mesmo sendo criticado por bilionários mundo afora, é amado por trabalhadores que se sentiram mais produtivos, no remoto.

O conceito de “remote first” significa que o formato remoto está em primeiro lugar. Portanto, dentro de uma empresa que tem funções que podem ser feitas em casa. A indicação do teletrabalho vem sempre em primeiro lugar, para muitos gerentes e gestores.

 

Quais os benefícios do remote first?

O trajeto para manter uma boa gestão e justa não é nada fácil. Mas pode ser ajudado com ferramentas online que protegem as interações dos membros da equipe.

Fora isso, é possível utilizar o espaço livre do escritório como polo de inovação onde os colaboradores podem confraternizar e se encontrar. E vale a pena ouvir profissionais para saber o que estão achando deste formato.

Os benefícios das modalidades organizacionais vão desde a economia estruturada fisicamente até o recrutamento, seleção e retenção de talentos aprimorados.

Para os funcionários, os fatores positivos incluem menos tempo e dinheiro gastos no deslocamento até o local de trabalho, maior autonomia e melhor qualidade de vida.

O trabalhador que opta por trabalhar em coworking, por exemplo, ele terá uma criatividade bem mais apurada, do que aquele que permanece dentro de uma empresa. Ali, ele está lidando com cultura, diversidade e mais motivação para trabalhar

Atuar em coworking faz bem para a mente. Por isso, muitos colaboradores que vivem o remote first optam por esses espaços, o que é benéfico aos profissionais.

 

Remote first veio para ficar?

A pandemia trouxe várias mudanças no comportamento das empresas e essa foi uma delas. Tem sido o trabalho remoto, uma das mais relevantes. É porque no auge da doença as pessoas devem evitar se reunir. 

A maioria das empresas mandava funcionários para casa. No entanto, muitas outras empresas já adotaram o home office. Só que esse modelo ficou mais conhecido, neste momento. 

Um estudo do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA) descobriu que 20,4 milhões de trabalhadores têm empregos que podem ser feitos remotamente, no Brasil.

De fato, esse grupo responde por 24,1% de todo o emprego no mercado de trabalho brasileiro.

Com isso, no futuro, acreditamos que o mercado de trabalho passará para um modelo híbrido até, quem sabe em breve, vire totalmente remoto, naquelas funções que dá para fazê-la.

O professor da Harvard Business School e pesquisador de trabalho remoto Raj Chowdhury acredita que o modelo híbrido se tornará uma tendência em um futuro próximo, não tão distante. Mais precisamente, nos próximos anos.

 

O que é necessário para atuar em remote first?

Tudo isso soa muito bem, mas entendo que é necessário que a empresa treine os colaboradores, invista em comunicação digital e ferramentas de gestão, além do compromisso com a qualidade saúde ocupacional e segurança no trabalho.

Para aquelas pessoas que ganharam a opção de viver no trabalho remoto, elas podem buscar capacitações para melhorar a produtividade e etc, a fim de contribuir com a sua agilidade na área que atua.

É fundamental que você busque um local de trabalho que te proporcione eficiência, com uma boa internet e uma mobília confortável. Geralmente, uma estrutura completa, os profissionais encontram em coworkings, que dão todo o suporte para a eficácia no trabalho.

Toda essa estrutura é fundamental para que o profissional se sinta motivado e valorizado. Portanto, é uma ótima pedida para que você se mantenha produtivo e com uma criatividade aguçada.

A tecnologia é uma parte fundamental do Remote First. É uma das responsabilidades da empresa garantir que os funcionários tenham tudo o que precisam para realizar seus trabalhos.

Cada empresa pode ver isso de forma diferente. Alguns ajudam os funcionários a comprar dispositivos, enquanto outros só permitem que eles migrem para o remoto primeiro se contiverem o que é preciso.

Mas é interessante que você entenda, que para acomodá-lo em casa, o próprio funcionário deve ter toda a infraestrutura necessária para o desenvolvimento de suas atividades. Caso não tenha, um coworking pode ser a melhor opção mesmo.

 

Para atuar em remote first é necessário organizar seu tempo!

Trabalhar remotamente torna mais fácil perder a noção do tempo ao lidar com questões que não têm nada a ver com o trabalho.

Existem muitas distrações em casa que podem levar à procrastinação. Além disso, mesmo que os profissionais permaneçam focados, a falta de organização pode prejudicar sua execução no trabalho e a entrega dele.

Por isso, é fundamental malhar os colaboradores para administrar seu tempo, com agendas, horários, metas e priorização de tarefas.

O Remote First pode fazer parte da sua rotina, o que trará ótimos benefícios.

 

Coworking e remote first são ótimos aliados!

Se você está buscando trabalhar remotamente em um ambiente que te traga boas experiências e boa estrutura de trabalho, um coworking pode ser a melhor opção.

Conheça os espaços disponíveis na sua cidade e tenha sucesso profissional!

Coworking em Recife: 11 ótimas opções na capital

Trabalhar com liberdade, no seu horário e com uma diversidade de pessoas em sua volta não é para todos.

Pelo contrário, é para quem tem o compromisso com o crescimento, com a criatividade e a inovação constante.

Isso não é nem um esforço, é natural. Porque quando você trabalha em um coworking, você gera novas experiências, amizades e conexões.

Frequentar um coworking em Recife não é diferente, os benefícios são os mesmos.

 

Por que trabalhar em coworking?

Em um coworking, você conhecerá novas pessoas e garantirá novas oportunidades de negócio. A partir disso, o seu negócio é influenciado a crescer, já que possuem mais pessoas dando preferência a ele.

Além disso, trabalhar em coworking faz bem a mente e, ao contrário do que muitos pensam, o coworking não prejudica o foco dos seus integrantes.

 

Quais as opções relevantes de coworking em Recife?

 

Domínio Office

O local fica em um dos principais bairros da capital pernambucana, Boa Viagem. Fica no interior de um edifício empresarial e com boa acessibilidade dos usuários, há poucos metros da praia e de áreas de lazer.

 

ESC Coworking

Este espaço fica no bairro do Pina, bem perto de Boa Viagem e também possui uma das melhores localizações da cidade.

Além dos serviços de secretariado, tem sala de reunião, copa e todo o suporte que você precisa.

 

Espaços Ágora

Localizado em Graças, o coworking possui áreas de descompressão, armário privado, acesso 24 horas, além de lounge. Possui uma sala de apresentações e ensino.

 

MultiOffice Business Service

O local possui sua sede na Casa Forte e tem acessibilidade para pessoas com deficiência, além de possuir todo o suporte que um profissional precisa.

 

Renor Office Boa Viagem

Localizado em um dos melhores bairros do Recife, o espaço possui um local moderno e confortável para trabalhadores, visitantes e possui sala de treinamento e apresentações.

 

Renor Office RioMar

Com uma estrutura parecida à do anterior, esse fica em um edifício empresarial, localizado no bairro do Pina, um dos mais tradicionais e confortáveis bairros do Recife, além de possuir uma vista invejável.

 

Trinus Office Escritórios Compartilhados

O local é acessível para cadeirantes e possui uma proposta diferente, em um espaço agradável, arborizado, confortável e bem equipado.

O café é de graça e o local tem cozinha/copa, além de uma internet de alta velocidade.

 

Virtua Aurora

O coworking é localizado em Boa Vista e possui salas de reunião, auditório, além de apresentar formatos de locação por hora, período ou diária, além dos contratos mensais.

O atendimento telefônico do local é personalizado e possui toda a estrutura que você precisa.

 

Virtua Conselheiro Aguiar

Já esse coworking fica em Boa Viagem e é considerado um dos mais modernos da cidade, fazendo parte de uma rede de referência em coworking.

Possui salas de reuniões, auditório e gestão de correspondência.

 

Virtua Pina

O local possui serviço 24 horas por dia e é localizado em um dos bairros mais tradicionais do Recife. 

O espaço tem uma rotina flexível que se adapta à você, além de possuir uma estrutura completa.

 

Virtua Shopping Recife

Mais um coworking da rede Virtua. Este é localizado em um dos shoppings mais tradicionais e frequentados do Recife. 

Possui uma verdadeira estrutura de escritório executivo, com salas de reunião, auditório e tudo que um coworking em Recife deve ter.

Escolha o espaço mais perto de você e faça já uma visita!

 

Devo trabalhar em um coworking em Recife?

 

Diminuição de custos

Assim como todos que dividem o mesmo espaço – o espaço de coworking, eles dividem o pagamento do aluguel da sala de reunião, mais os custos de internet, água, luz e telefone já inclusos no valor, mais impostos. Com isso, você garante economia.

 

Compartilhe espaço com outros profissionais

São vários especialistas que atuam em um coworking em Recife. Encontrá-los em um só lugar, é uma vantagem competitiva. 

Acreditar que você precisa de alguém para lhe fornecer algo é uma realidade, por ser um espaço colaborativo. Em algum momento, fazer amigos e compartilhar o ambiente pode ajudar.

Além disso, quando temos colegas, que trabalham em áreas diferentes da nossa, mas caminham lado a lado lá, todos os dias acabamos saindo da rotina mais do que o normal e isso também é um plus.

 

Endereço fiscal e comercial real

As pessoas tendem a confiar em profissionais com um endereço fixo de escritório do que em freelancers que trabalham em casa. Além disso, o endereço físico é onde os clientes podem “cobrar” pelo que desejam, portanto, a instalação é uma vantagem a mais.

 

Localização privilegiada

Um bom lugar é a chave para o sucesso de qualquer negócio.

Um ambiente de trabalho colaborativo também ajuda. Ele é estrategicamente projetado em áreas de alto tráfego, como centros de cidades ou áreas-chave com alto fluxo de pessoas.

Dessa forma, os clientes podem encontrar facilmente seu serviço sem precisar ir a muitos lugares.

 

Conheça um coworking em Recife!

Ao invés de procurar por uma sala comercial de alto custo, opte por um Coworking em Recife, por um valor mais acessível e recursos extraordinários! 

O coworking transforma! Há relatos de diversas pessoas que cresceram profissionalmente após a atuação em coworking. 

Não só por ter tido mais produtividade, foco ou coisa do tipo, mas por terem feito algo muito importante: o networking.

Se você quiser crescer como profissional, viver trabalhando de forma remota para uma empresa ou no seu negócio, o coworking pode ser uma ótima opção, senão a melhor no mercado!

Escolha o espaço mais perto de você e faça já uma visita!

Coworking Híbrido – a consolidação de um novo formato de trabalho pós-pandemia

Os locais colaborativos se tornaram uma realidade nos últimos anos. As pessoas estão frequentando mais aqueles escritórios em colaboração por diversos profissionais, uma verdadeira mistura. 

Por isso, os coworkings que são espaços colaborativos ganharam tanta força no mundo inteiro.

Suas vantagens são inúmeras, sendo uma das principais a redução de custos do profissional que atua em um espaço desse. Até porque, como é um local colaborativo, a mensalidade já embute o valor do aluguel, energia, água, entre outras taxas e impostos.

No entanto, ultimamente, outra modalidade que está crescendo no mercado de coworkings é o formato híbrido de trabalho, nestas unidades.

Após um ano de teletrabalho, muitas empresas, por causa da pandemia, não retornaram mais ao acúmulo de profissionais nas suas dependências. Hoje em dia, o formato híbrido chegou em evidência, inclusive, nos coworkings do Brasil

Infelizmente, manter espaços muito grandes não é mais o foco de empresas gigantescas, no mundo todo. Como a pandemia prejudicou a economia, a ideia é manter funcionários em local híbrido, tendo a redução de espaço e redução de custos para a empresa.

Uma dessas intenções é aumentar os lucros e trazer uma recuperação mais rápida aos setores econômicos. Por isso, os coworkings devem ficar atentos a essa tendência, de empresas que utilizam o espaço para virar o seu próprio local.

 

Qual é a relação do coworking com trabalho híbrido?

A modalidade híbrida trata-se de os profissionais que são livres para escolher onde vão trabalhar. As opções incluem home offices, locais de instalação corporativa, coworkings e outros espaços colaborativos.

Atualmente, uma tendência de trabalho é deixar o profissional à vontade. Neste caso, a ideia é justamente dar liberdade a cada profissional na escolha do seu local de trabalho.

A tecnologia permite que as equipes colaborem com todos os funcionários em um só lugar. Eles se beneficiam à medida que as empresas cortam custos e os profissionais ficam livres para tomar decisões próprias.

Nesse contexto, o coworking se tornou uma opção para muitas corporações, que se estruturaram ao longo da pandemia. Ao invés de manter um espaço próprio, as empresas contratam espaços para que seus colaboradores possam usar do jeito que preferirem. 

Sendo assim, os colaboradores podem ir ao coworking em determinados dias, revezando-se no home office ou na sede da empresa, sendo esta a modalidade híbrida de trabalho. 

Outra opção é usar o coworking como o local, de fato, em que a empresa se instala e o home office, ser em casa.

O foco é dar a todos a oportunidade de trabalhar da maneira que inferir mais produtiva e satisfatória.

 

Quais são os benefícios do trabalho híbrido para as empresas?

As empresas que adotarem o híbrido e o coworking terão uma série de benefícios para os seus colaboradores e para sua própria estrutura.

 

Redução de custos

As empresas que adotarem espaços de coworking, em vez de ter seu próprio escritório, conseguem reduzir os custos. Fora que não serão lesadas em localização e estrutura.

Sendo uma solução baseada no conceito de economia compartilhada, os custos no espaço de coworking são divididos entre os demais usuários, o que torna a opção muito mais barata.

 

Aumento da produtividade dos funcionários

Atualmente, os profissionais estão em busca da maior liberdade possível para trabalhar da forma mais confortável para si.

O trabalho híbrido oferece exatamente isso, a capacidade de fazer o serviço, de forma flexível, alternando home office com coworking e outros locais.

Esse modelo híbrido contribui para o aumento da satisfação e produtividade da equipe. Em última análise, funcionários satisfeitos que se sintam respeitados e valorizados pela organização são mais dedicados e alcançam resultados mais expressivos.

 

Socialização e networking

Para muitas pessoas que trabalham em casa, torna a socialização incompleta. Outra vantagem do trabalho híbrido é que você pode conversar com outras pessoas, tomar um café e até fazer amigos.

Além do mais, criar conexões com outros colegas, de áreas diferentes e empresas diferentes é muito bom. Isso dá um impulso de motivação e de negócios ao profissional, que fica mais motivado a trabalhar, fazer networking e parceiros de negócios.

Os escritórios compartilhados possuem espaços especialmente projetados para a vida social. Dessa forma, você pode repousar, almoçar e trocar figurinhas com outros profissionais e gerar novas oportunidades.

 

Estímulo à criatividade

Para ter estímulo de boas ideias, a mente precisa ser estimulada primeiro. Portanto, estar junto de outros profissionais te dão a oportunidade de pensar mais, observar mais e se inspirar mais. 

Aparecer para um lugar totalmente pensado para incentivar boas ideias, com decoração criativa, e dividir-se o espaço com outros profissionais será muito positivo. É por isso que o coworking se tornou a escolha de muitas empresas e corporações.

 

O trabalho híbrido em coworking veio para ficar!

Pois é, o trabalho híbrido vem ganhando força no Brasil e no mundo. Isso fez com que muitos trabalhadores, que já estavam cansados, voltassem a ter mais vigor no serviço, em que eram atribuídos.

A Clara, por exemplo, tem 27 anos e trabalha em uma empresa de TI. Desde o ano passado, ela iniciou o trabalho híbrido e sua produtividade aumentou bastante. Com isso, ela consegue fazer parte do trabalho, em menos tempo e melhorar a sua saúde mental.

Com ela sendo o modelo para a sua empresa, a diretoria da corporação resolveu colocar 70% dos colaboradores em formato híbrido!

 

Seja associado e faça seu coworking ser mais visto pelas empresas!

Como o trabalho híbrido está em evidência, é necessário que você, dono, gerente ou diretor de coworking fique bem atento a essa tendência que está tão em alta.

Nossos associados terão diversas vantagens, entre elas, a jurídica, informações confiáveis, único órgão legalizado do segmento, além da divulgação do conteúdo nas mídias sociais.

Veja as vantagens que você pode ter sendo um associado da Ancev!

Aluguel de sala comercial: as vantagens de optar pelo coworking

Quando estamos começando um negócio, são mil e uma coisas para pensar. Mas uma das principais preocupações dos novos empresários, prestadores de serviços ou mesmo trabalhadores de motos, é a seguinte: aluguel de sala comercial.

Isso acontece porque queremos, claro, uma boa localização do nosso negócio, um ambiente agradável para receber clientes e ter um bom custo com isso. No entanto, nem sempre o local tem um valor acessível para que a gente possa se instalar e realizar o nosso sonho de empreendedor. Por isso, quando pensar em aluguel de sala comercial, coloque na balança os custos que você pode ter e pense em alternativas. 

Claramente, podemos dizer que uma dessas é utilizar um coworking, que pode ser um ótimo lugar para fazer parceiros e negócios e ter uma estrutura de empresa. Pois é, esse espaço físico que é compartilhado por outros profissionais, tem muita coisa legal e vários benefícios. Além de dividir despesas gerais, você pode compartilhar áreas tecnológicas que demorariam um pouco para você montar se estivesse sozinho.

 

O que é um coworking?

A colaboração de lugar é uma maneira nova de ter um local mais estruturado para trabalhar, sem falar no conforto. 

Essa já é uma tendência de usuários de startups e freelancers que utilizam espaços colaborativos para fazer os seus serviços. Sendo assim, com economia e conforto.

A junção de várias pessoas em um espaço de colaboração está permitindo que mais e mais escritórios sejam criados no país. É estimado que existam mais de 4 mil coworkings ao redor do planeta e dezenas deles no Brasil.

Os ambientes dentro de um coworking são pensados para diversas áreas, sem uma limitação específica. Tem lugar para o advogado, o programador, consultor, contabilista e várias outras atividades.

Todo esse sucesso é fruto de uma simples ideia: profissionais independentes querem espaços democráticos onde possam desenvolver projetos, sem permanecer isolados de seu escritório de casa ou distraídos nos espaços públicos.

Através de um coworking você encontra a oportunidade de fazer networking, ter a estrutura de um negócio maior, fora que vira seu endereço físico. 

Infelizmente, apesar da fomentação da internet, em diversas áreas, muitos preferem que uma empresa seja física e tenha um local para “cobrar” o serviço, ao invés de fazer uma ligação, por exemplo.

 

Diminuição dos custos

Como todos que compartilham o mesmo espaço – que é o espaço do coworking, participam do pagamento do aluguel das salas de reunião, além das taxas de internet, água, luz e telefone que já são embutidas no valor, juntamente dos impostos.

Isso resultará em grande redução de custos, garantindo mais lucro para o seu negócio, com uma redução de despesas que você poderia ter se pensasse no aluguel de sala comercial sozinho.

 

Networking facilitado

Vamos supor que você é um redator e um outro redator na mesa em frente, que já não tem mais vaga de clientes, sendo que você tá começando agora. Ele poderia repassar clientes. Certo? Essa é a magia de um bom networking, geração de oportunidades.

Vamos supor que você precise de identidade visual nova, encontrar na mesa ao lado da sua um bom design seria ótimo, né? E se um advogado precisasse do seu serviço, sendo que ele fica na mesa detrás da sua. Acha que ele procuraria outro fora ou no novo colega?

Provavelmente, ele fecharia negócio com você.

 

Compartilhamento do espaço com outros profissionais

Além da gama de profissionais que você encontra em um só lugar. Creia que você precisa de pessoas para fazer algum serviço para você, isso é natural. Em algum momento, fazer amizades e compartilhar um ambiente pode te ajudar.

Fora que, quando temos colegas de trabalho, que atuam em áreas diferentes da nossa, mas andam lado a lado ali, no batente de cada dia, a gente acaba saindo mais da rotina do que o normal e isso também é uma vantagem.

Você também pode convidar colegas do mesmo setor que o seu para compor uma turma bacana de pessoas que trabalham na mesma área e podem dividir experiências e, quem sabe, ajudar o outro a captar novos clientes.

 

Endereço comercial físico

As pessoas costumam confiar mais em profissionais com endereços fixos de trabalho do que em freelancers que trabalham em casa. Até porque o endereço físico é onde o cliente pode “cobrar” pelo que está solicitando, então a facilidade é maior.

Além disso, com o coworking você consegue separar melhor sua vida pessoal da sua vida profissional.

Porque se um dia o cliente bater na sua porta de casa, no domingo, creio que você não vai gostar nenhum pouco, principalmente se estiver em momento de lazer com a família.

Em última análise, é importante que sua empresa tenha horários de funcionamento específicos.

 

Boa localização

A localização é um elemento chave para o sucesso de qualquer negócio.

Um ambiente de coworking também ajuda nisso. Isso ocorre porque eles são estrategicamente projetados em áreas de alto tráfego, como centros de cidades ou áreas nobres, que possuem fluxo de pessoas intenso.

Assim, os clientes podem facilmente encontrar serviços sem precisar rodar muito por aí.

 

Conheça espaços de coworking perto de você

Ao invés de ficar procurando por aluguel de sala comercial, você pode optar pela economia, lucro e networking de alto padrão. É só buscar pelo coworking mais perto de você e garantir a sua vaga.

Até porque, o número de pessoas nesses locais é limitado. Se você realmente tem perfil para ambientes colaborativos, alegres e com a calma que você precisa, o coworking é o melhor lugar para isso!

Veja agora o coworking mais perto de você!

Cronograma eSocial: fique por dentro dos prazos

O Sistema Digital de Contabilidade Fiscal da Previdência Social e Responsabilidade Fiscal Trabalhista, o eSocial, trata-se de um programa do governo federal, que trouxe uma revolução para o departamento de recursos humanos das empresas, contadores e desenvolvedores de software empresarial.

O programa federal foi instituído através do decreto 8.373, em 2014. Em 2020, o governo federal apresentou uma versão mais atualizada do projeto, o eSocial simplificado, que trouxe algumas mudanças diferentes a quem já usava na modalidade anterior.

Mas você que possui uma empresa, deve ficar muito atento ao cronograma eSocial. Neste artigo, você vai entender um pouco do programa e sobre o cronograma.

 

O que é eSocial?

O eSocial trata-se de um sistema digital de contabilidade tributária para obrigações previdenciárias e trabalhistas de determinada empresa.

Este projeto visa recolher informação sobre trabalho, segurança social, além de fiscalizar e armazenar as informações em um ambiente virtual nacional, de forma a permitir que as organizações participem no projeto de acordo com as necessidades de cada um.

Essas informações são utilizadas para trabalho, segurança social, tributação e também para o cálculo dos impostos e da contribuição para o FGTS. O eSocial possui seus princípios, que são os seguintes:

 

 

O eSocial foi projetado para transmitir informações integradas por eventos, que precisam ser transferidos em uma ordem lógica.

A sequência que estamos falando, pode ser vista como um conceito de “empilhamento”, e tais eventos respondem por toda a dinâmica de contratação de colaboradores, do início ao fim.

Desta forma, os dados enviados no primeiro evento serão aplicados nos eventos seguintes. Para alterar os dados antigos do evento, consequências ou impactos sobre o evento devem ser feitos nos posteriores.

 

Quais são os prazos do cronograma eSocial?

Em sua fase 4, são feitas as entregas dos eventos S-2210, que trata-se da Comunicação de Acidente de Trabalho, S-2220, sobre o Monitoramento da Saúde do Colaborador, e S-2240, Condições Ambientais do Trabalho ou Agentes Nocivos. 

Desta forma, o primeiro ponto é identificar o andamento desses procedimentos, atualmente, no seu negócio.

As datas escolhidas no cronograma e definidas pelo governo não são considerados prazos finais, mas a partir da abertura dos envios, cada evento terá um prazo definido para a conclusão específica de cada um. Estes são:

 

 

Em caso de não cumprimento das datas e envios posteriores, a empresa pode ser multada. Alguns dos eventos possuem a necessidade de informações específicas necessárias para encaminhamento e cumprimento do cronograma eSocial. Entre eles, o evento S-2240.

 

Quais são as informações necessárias para o evento S-2240?

As informações prestadas neste evento, trata-se da exposição do trabalhador aos agentes nocivos do trabalho, de acordo com a Tabela 24, de Agentes Nocivas e Atividades – Aposentadoria Especial, do eSocial. 

É necessário que seja declarada a existência de EPC instalado, assim como os EPI ‘s necessários e disponibilizados pela empresa para a execução das atividades.

Com relação à informação dos EPIs, elas não substituem a obrigatoriedade do registro de encaminhamento dos equipamentos, de acordo com a normativa que rege essa obrigação.

É importante ressaltar, que as informações prestadas, no respectivo evento, devem compor o PPP do empregado. No entanto, os períodos anteriores ao início da obrigatoriedade dos eventos SST, não são procedimentos que possuem vigência à época.

 

Importante ficar atento às mudanças em normas regulamentadoras

Um grande desafio para empresas e corporações é fazer acompanhamento de mudanças normativas, nas quais são definidas as novas diretrizes para que as exigências trabalhistas sejam atendidas. 

Sendo assim, algumas delas sofreram mudanças ou adiamentos, que darão tempo aos empregadores analisarem e elaborarem novas estratégias.

Uma dessas mudanças, foi que no dia 3 de janeiro deste ano, entrou em vigor o PGR (Programa de Gerenciamento de Riscos), que possui o objetivo de realizar a substituição do PPRA (Programa de Prevenção de Riscos Ambientais). Desta forma, as informações ambientais foram unificadas às ocupacionais, em um único documento.

Outras alterações, nesta mesma data, entraram em vigor. Sendo estas:

 

 

As normas são continuamente atualizadas. Por isso, é muito importante acompanhá-la. Não é bom perder este tipo de informação para que o cumprimento correto das normativas sejam assegurados.

 

Está procurando por um espaço de coworking e facilitar ainda mais o trabalho no seu negócio?

Se você está procurando ter mais liberdade, sem se preocupar mais com determinadas normas, burocracias e outros requisitos, um coworking pode ser para você. 

Com isso, você pensa menos em determinadas normativas e fica mais liberto em realizar o seu serviço.

Possuímos associados em várias cidades do Brasil. Conheça os espaços de coworking mais perto de você!

Coworking em Porto Alegre: conheça os associados da Ancev

Trabalhar deve ser prazeroso, em um ambiente que case com a sua personalidade. Hoje em dia, ter a opção de um coworking não é mais apenas dos jovens, considerados criativos e descolados, mas também de executivos, profissionais liberais, independente de idade.

Ultimamente, os escritórios colaborativos vêm ganhando espaço no mundo todo. Estima-se que já existam mais de 4 mil coworkings no mundo todo. Uma realidade é que muita gente tá preferindo esse tipo de espaço por diversos motivos, um deles é a economia.

Além do mais, os coworkings são espaços com diversas áreas de colaboração, que simulam, basicamente, os ambientes de uma grande corporação, incluindo a modernidade.

Você pode usar tudo isso ao seu favor, inclusive, para atrair clientes que estejam preferindo um espaço físico.

Se você é gaúcho ou vive na capital gaúcha, existem opções de coworking em Porto Alegre, com a mesma proposta, vai do gosto de cada um. Antes de você saber quais são esses lugares, vamos falar um pouco das vantagens desses espaços.

 

Quais as vantagens de um coworking em Porto Alegre?

São nesses espaços que você encontra profissionais de diversas áreas, independentes da sua, que exercem suas funções, cada um em sua estação, a partir de uma sala, que possui um preço de fácil acesso, diferente se tivesse que montar uma estrutura própria em um local independente. 

Seja você um advogado, publicitário, freelancer, agente de viagens ou qualquer profissão autônoma, o coworking em Porto Alegre pode ser para você. É interessante que você faça um teste e veja os benefícios que o coworking pode te trazer.

Algumas pessoas ficam com um pé atrás quando são expostas a esse modelo de escritório compartilhado, que na verdade pode se transformar em diversão, saída de rotinas, networking e novos negócios.

 

Custo reduzido

No coworking, você paga apenas a mensalidade do serviço contratado e as despesas mensais do local, como internet, água, luz e outras taxas estão embutidas.

Isso resulta em economia significativa de custos e aumento dos lucros para sua empresa ou negócio.

 

Networking? Coworking é o lugar!

Networking é uma necessidade para todos os profissionais, no mundo inteiro. Em um espaço de coworking, esse trabalho é muito mais fácil de ser executado, pois é ali que você terá uma gama de pessoas para fazer novas amizades e negócios.

Caso você seja profissional de uma área A e precise dos serviços do profissional da área B, você consegue ter ali mesmo. E se o profissional da área C quiser o seu serviço? Com certeza ele vai preferir alguém que esteja ali, pertinho dele e, quem sabe, na estação do lado.

 

Endereço físico

As pessoas confiam mais em profissionais que possuam locais específicos, onde elas podem bater na porta, do que em freelancers trabalhando em casa.

Além disso, com o coworking você consegue separar melhor e mais claramente sua vida pessoal da sua vida profissional, aumentando assim sua produtividade no local de trabalho.

Ter um endereço comercial evita que um cliente venha até você em um horário inconveniente, que você esteja fora do horário de trabalho.

 

Localização boa

A localização é um ponto bem necessário para qualquer negócio. Imagine você ter seu escritório em uma zona, em que as pessoas não gostam de ir por ser pouco movimentado, perigoso e etc.

Neste caso, você não se preocupa com coworking em Porto Alegre. Eles ficam bairros de ótima localização e são projetados de forma estratégica para áreas em que a movimentação de pessoas é alta.

 

Melhorias no desempenho e produtividade

Pesquisas mostram que funcionários que estão em coworking são mais focados do que os que trabalham em escritórios tradicionais e muitas vezes sozinhos.

Livros de autores renomados, focados em comportamento, mostram que as pessoas que atuam vendo o foco de outras são mais direcionadas ao trabalho.

Com isso, evita-se a procrastinação dos indivíduos que, geralmente, são distraídos. Já ouviu falar que “quem anda com morcego dorme de cabeça para baixo”? 

Pois é, no coworking, com ótimos profissionais, não procrastinadores, o seu caminho é claramente o sucesso!

 

Conheça coworkings em Porto Alegre!

 

Easy Office Higienópolis

O local possui 12 anos de existência e oferece diversas soluções completas para auxiliar os profissionais liberais e empresas que buscam atuar dentro do escritório colaborativo.

Tudo no interior do local, foi projetado especificamente para a atuação dos trabalhadores. Os 800 metros quadrados do local, possui o próprio coworking e em anexo, salas de reunião, executiva, consultórios e espaços para realização de eventos e treinamentos.

Informações para contato:

 

Easy Office de Três Figueiras

O local possui um ambiente projetado para profissionais executarem o seu trabalho com boa mobilidade, além de possuir uma boa acessibilidade para deficientes que desejam atuar em um coworking em Porto Alegre.

Além de ser um espaço moderno é também confortável e possui sala de reunião, salas executivas e consultórios, além de outros espaços colaborativos.

Informações para contato:

 

Office 424

No escritório colaborativo, você encontra boas opções de planos, de acordo com a necessidade do profissional que deseja atuar dentro de um coworking em Porto Alegre. O espaço fica ao lado do Shopping Praia de Belas. 

Além de possuir acessibilidade para cadeirantes, o local também possui biblioteca, armário privado e um ótimo espaço de convivência.

Informações de contato:

 

Gostou das opções de coworking em Porto Alegre?

Agora que você sabe as vantagens de trabalhar em coworking, confira as opções de coworking em Porto Alegre através do nosso site.

Conheça os espaços de coworking ainda hoje!

Exemplos de Criatividade no dia a dia.

O ser humano é quase um expert em inventar, pensar e inovar. É isso que move a gente a criar uma nova identidade para determinada coisa ou mudar um pouco a rotina. Isso é o que tem guiado a humanidade por muitos anos.

Estamos falando aqui da criatividade. Uma arte que não tem nenhuma relação com dom ou genética, nem algo sobrenatural, muito menos sorte. Nós, somos capazes de imaginar as coisas e exercer criatividade no dia a dia de forma plena.

Habitamos em uma era de criatividade e inovação. Os métodos automáticos e computacionais do século passado estão relacionados com o pensamento humano. Uma criação que deu certo, graças à criatividade.

A criatividade é um componente chave de um conjunto de habilidades subjetivas conhecido como soft skills. 

O mercado de trabalho está cada vez mais aberto a quem tem essa capacidade, sem contar que é mais fácil atingir as metas estabelecidas na sua vida, carreira e negócios.

Aqui neste post, vamos falar a fundo sobre o que é criatividade, qual a sua definição, como estimulá-la por conta própria e como desenvolvê-la em suas atividades diárias. 

Se você está procurando uma maneira de ser mais criativo, fique atento. Esse conteúdo foi feito exclusivamente para sua pessoa. Não deixe de buscar exemplos de criatividade no dia a dia para gerar novas ideias!

 

O que é a criatividade?

O fundador da Atari, uma empresa multinacional responsável pela popularização dos videogames, Nolan Bushnell, disse o seguinte: a pessoa sai do banho, se seca e faz alguma coisa que faz a diferença.

A criatividade está mais perto de aperceber-se de uma solução percebida para um problema ou desafio do que ficar horas esperando por uma ideia brilhante. 

A Big Idea, conhecida por muitos como algo mirabolante, vem de atividades simples, quando você nem imagina.

Nesse processo, a pessoa passa pelo pensamento onde identifica padrões ocultos, estabelece ligações entre fenômenos que não estão relacionados, gerando assim, novas soluções a um problema.

Prossegue a produção de aplicação prática. Como dissemos acima, se você tem apenas uma ideia não a coloca em prática, você se torna apenas uma pessoa com imaginação, mas criativa não.

 

Como desenvolver criatividade no dia a dia?

Com o conceito de criatividade em mãos, vamos ver como desenvolver o pensamento criativo. Dentro do trabalho diário, vemos algo como um conflito entre funcionários, por exemplo, e trazemos novas perspectivas de como resolvê-lo.

A criatividade no local de trabalho é a habilidade mais requisitada nos negócios hoje. E existe um mito de que é uma característica inata, um dom ou você nasceu com isso ou não tem outro jeito. No entanto, este não é o caso.

Uma pesquisa realizada por Harvard, apontou que a criatividade pode ser desenvolvida na maioria das pessoas, cerca de 85% das vezes.

Exemplos de criatividade no dia a dia:

 

Busque inspirações

Para criar, é importante alimentar sua mente com coisas que podem inspirá-lo. 

As fontes mais comuns são os livros, música, filmes, pinturas, fotografia, qualquer arte que desperta algo dentro de você. A humanidade usa o que já existe, como uma espécie de pontapé para suas ideias.

Às vezes, simplesmente observar a vida cotidiana pode gerar ideias criativas. No mundo de hoje, muitas vezes nos desconectamos de nossas telas e tomamos consciência de toda a riqueza de informações que existe ao nosso redor. 

Estudar é fundamental para ser mais criativo no mundo atual, onde a informação é disseminada pelos quatros cantos!

 

Construa uma mentalidade mais criativa

Para que uma planta cresça, é necessário que solo seja férfil. Correto? A mesma lógica se aplica ao desenvolvimento da criatividade humana. Para desenvolver essa habilidade, é essencial preparar o nosso interior. Em resumo, seu coração e sua mente.

Você precisa remover obstáculos e limitar certas crenças, como o pavor de críticas. Não haja com temor de que sua ideia seja rejeitada, em uma área familiar. Ainda é importante manter-se atualizado e procurar novos links para aprimorar sua criativade, no dia a dia.

 

Busque cada vez mais conhecimento

É importante buscar coisas novas para o corpo e a mente, uma maneira de se desafiar incessantemente. Respirar o novo é uma forma de inspirar sua criatividade e aprofundar seus conhecimentos, sejam eles técnicos ou não.

Adquirir e desenvolver aptidões são maneiras interessantes de manter sua mente afiada. Com isso, você ganhará a oportunidade de liberar um potencial criativo que você não sabia que tinha. Consequentemente, a última dica é entender como aumentar seu conhecimento.

 

Saia da zona de conforto e seja um questionador

Um dos exemplos de criatividade no dia a dia é manter o espírito questionador e sair da zona de conforto. Esses termos são alguns dos mais falados, quando se trata de geração de ideias e criatividade.

Imagina, que Leonardo da Vinci foi um dos maiores inventores da humanidade e acreditava profundamente no poder da criatividade. 

Em certo dia, ele escreveu: “Andei pelo campo procurando respostas para as coisas que não entendia”. Ou seja, bem questionador. Quantas ideias ele gerou? Várias, a partir da criatividade.

É importante sair da sua zona de conforto para despertar sua mente criativa. Isso porque criar ideias únicas e experimentar coisas novas é fundamental. O que importa é ser estimulado a buscar pela criatividade.

Jogue-se em experiências únicas, esteja disposto a experienciar algo pela primeira vez. Pode ser algo tão simples como experienciar um alimento diferente. Esteja aberto ao novo e conheça, cada vez mais, aquilo que ainda não sabe.

 

Trabalhar em coworking ajuda na criatividade?

Dentro de um ambiente colaborativo, você vai ver pessoas de várias áreas e, sem dúvidas, isso vai te gerar curiosidade e ir em busca dos questionamentos.

Mas para isso, vou deixar que você tire suas próprias conclusões. Se você está focado, produtivo e alinhado, com certeza você irá gerar criatividade e boas ideias.

Descubra se trabalhar em coworking aumenta as distrações. Será? Leia o artigo e entenda!

Google Meu Negócio – como colocar meu negócio no google.

Você já pesquisou um local e recebeu muitas informações, como telefone, endereço e horário de funcionamento? Este é o Google Meu Negócio!

Atualmente, o Google é a principal fonte de busca para aquelas pessoas que buscam informações sobre um produto, serviço ou empresas.  Por isso, aparecer na plataforma e fornecer aos clientes informações importantes e confiáveis ​​sobre sua empresa é essencial para aumentar as vendas e aumentar a confiança do consumidor.

Entre as várias ferramentas existentes, o Google Meu Negócio se destaca como uma das mais importantes para divulgar seu negócio online. 

Mas, como colocar meu negócio no google? Essa é uma dúvida de muitas pessoas, que nós iremos solucionar neste artigo. 

 

O que é o Google Meu Negócio?

O também conhecido como Google Business, trata-se de uma ferramenta gratuita que ajuda você a gerenciar a visibilidade da sua empresa, perante o mercado online, de forma como seu negócio é apresentado ao público que pesquisa no Google, pelo seu nicho. 

O resultado não aparece só na página de buscas, mas também no Google Maps.

Dentro da plataforma você pode compartilhar informações sobre sua empresa, tendo a possibilidade de incluir horário de funcionamento, localização e outros detalhes. 

Também é possível adicionar fotos, responder as avaliações de clientes e ver como e onde as pessoas estão procurando o que você tem a oferecer.

Essa ferramenta possibilita a comunicação direta entre a empresa e seus clientes. Também permite que os operadores comuniquem informações importantes aos usuários, como:

 

 

Quem pode usar o Google Meu Negócio?

Essa ferramenta foi criada para empresas que possuem um local físico, onde as pessoas podem visitar e atender em seu próprio local, os consumidores. 

Neste caso, esta não é uma ferramenta específica para físicos, mas os negócios online também podem utilizá-la.

 

Quais os benefícios de ter o Google Meu Negócio?

Existem vários benefícios que você possui ao colocar sua empresa dentro do Google Meu Negócio. É uma tarefa simples, que pode trazer várias coisas boas ao seu negócio.

 

Mais visto

De acordo com o Google Meu Negócio, as pessoas que postam fotos de empresas recebem 42% mais buscas e quem coloca a rota a ser seguida para chegar na empresa, no Google Maps, geralmente possui 35% cliques a mais, em seus sites do que em outras empresas.

 

Credibilidade

De acordo com o Google Meu Negócio, as empresas que verificam as informações do Google Meu Negócio têm duas vezes mais chances de serem confiáveis ​​pelos consumidores e usuários do Google. Sendo assim, a credibilidade do seu negócio, com certeza, terá um ganho considerável.

 

Melhora a interação com os clientes

A plataforma permite que você receba comentários dos clientes sobre o seu negócio, além das avaliações e, claro, há uma naturalidade no lado social, com um bom relacionamento com o cliente.

Os cidadãos podem participar de avaliações de negócios, opiniões, críticas e suas dúvidas. É importante que sua empresa seja engajada respondendo a comentários, postando mensagens e incluindo fotos de sua empresa para gerar mais engajamento e interesse em suas ofertas, em geral.

 

Como colocar meu negócio no Google?

  1. Acesse google.com.br/business e clique em Começar no canto superior direito.
  2. Efetue login na sua conta do Google.
  3. Digite o nome da sua empresa e clique em Avançar. Observação: você também pode escolher sua empresa nas sugestões exibidas enquanto digita.
  4. Digite o endereço da sua empresa e clique em Avançar. Você será solicitado a marcar a localização da sua empresa no mapa.

 

Se você administra uma empresa, a qual atende o consumidor, em seu local, deverá seguir estas etapas também:

 

  1. Verifique a caixa “Entrego produtos” e presto serviços aos meus clientes. Você também pode marcar a caixa de seleção “Ocultar meu endereço” – Mostrar apenas região.
  2. Clique em “Avançar”.
  3. Escolha uma opção de entrega do produto e clique em Avançar.
  4. Usar o espaço de pesquisas para selecionar uma categoria de negócios. Em seguida, clique em Avançar.
  5. Insira o número de telefone da sua empresa ou o URL do site. e clique no próximo. Dica: você também terá a opção de criar um site gratuito com base em seus dados.
  6. Clique em “Prosseguir” para concluir a inscrição e confirmar sua associação com a empresa.

 

Algumas observações que você deve ficar atento(a):

Primeira: se você receber a mensagem: “Esta lista já foi reivindicada”, clique em Solicitar acesso e siga as formações para reivindicar sua empresa.

Segunda: é muito importante que as informações sobre sua empresa ou escritórios que você gerencia devem ser completos e atualizados.

 

E depois de colocar meu negócio no Google, qual é a recomendação?

Antes de mais nada, nossa recomendação é que você não abra mão de criar o seu Google Meu Negócio, para garantir que sua empresa seja vista por todos. 

Inclusive, se seu negócio for local, você acabará saindo na frente, por causa da localização acoplada ao Google Meu Negócio.

Como falamos em tópicos anteriores, quando um negócio local está no Google e também no Maps Google, acredite, as chances de vendas são maiores, porque a procura é crescente. Com isso, seu negócio terá mais acesso e, consequentemente, mais vendas.

 

Mas não é só isso…

O Google Meu Negócio é um elemento para ajudar seu negócio a decolar. O ideal é que você tenha um conjunto de elementos para que sua empresa tenha solidez e recorrência nas vendas, seja de produtos ou serviços.

Já ouviu falar do termo Growth Hacking? Trata-se de um marketing orientado a experiências, que possui o objetivo de encontrar oportunidades de crescimento rápido para uma empresa.

Isso pode funcionar para você também, junto a utilização do Google Meu Negócio! Acesso o artigo que explica os detalhes de como usar o Growth Hacking na sua empresa e atrair mais resultados sólidos.